Menu fechado

O plano traz facilidades financeiras, para os associados, e proporciona qualidade de vida na aposentadoria.

Vários fatores levam as pessoas a buscar, cada vez mais, a segurança e a estabilidade que os planos de previdência complementar oferecem. O debate acerca da reforma da previdência, que está na agenda do país e é defendida pelo governo, é um desses fatores.

A Mútua, além de oferecer facilidades financeiras aos seus associados ao longo da vida profissional, proporciona qualidade de vida também na aposentadoria. Por isso, oferece o TecnoPrev, o plano fechado de previdência complementar, administrado pela BB Previdência, do Banco do Brasil.

Uma das vantagens é que o participante pode contribuir eventual ou periodicamente com valores adicionais, em aportes que não só elevam o saldo da conta, como possibilitam economias anuais com o Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF).

A Legislação Tributária permite deduzir até 12% da renda anual, com contribuições à previdência complementar. Com os aportes extraordinários, os contribuintes do TecnoPrev podem ampliar a dedução no IRPF do ano seguinte.

Baixas taxas

No plano, o saldo da conta individual é sempre destinado aos beneficiários escolhidos, caso o participante não usufrua da totalidade. Ao contrário dos planos abertos – ligados a bancos e seguradoras, em que o saldo fica para a instituição após a falta do participante titular – no TecnoPrev o saldo da conta individual sempre será garantido ao participante ou aos beneficiários escolhidos, com 100% da rentabilidade líquida auferida no período.

Outra vantagem são as taxas mais baixas. A taxa de carregamento, por exemplo, é de 0% – ela incide todo mês sobre o valor de cada contribuição realizada e paga despesas administrativas. Nos bancos, varia entre 2% e 9%.

Conta individual

Além disso, o TecnoPrev é um plano onde cada participante possui uma conta individual – segregada do patrimônio dos outros participantes, do patrimônio da Mútua e da BB Previdência.

E, claro, como todo plano privado, o TecnoPrev possui fiscalização e auditoria da Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc).

É considerado um plano conservador, pois possui a maior parte dos seus investimentos alocados em títulos de renda fixa – que proporcionam uma maior segurança ao patrimônio dos participantes –, e que, além de tudo, têm acesso a extratos, gráficos de rentabilidade, carteira de investimentos e outras informações, como o saldo individual, disponíveis 24 horas por dia, no site da BBPrevidência.

Outra característica do Plano da Mútua é a flexibilidade, que objetiva atender, também, ao profissional autônomo, com sua renda mensal variável. Dessa forma, permite alterar o valor de contribuição, tanto para mais, quanto para menos, respeitando o limite mínimo do plano.

Quer conhecer mais? Acesse o Portal do TecnoPrev.

FONTES